sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

As minhas Top Songs 2016 no Spotify

Clique no link abaixo para ouvir Your Top Songs 2016
Spotify no Spotify:
https://open.spotify.com/user/spotify/playlist/37i9dQZF1Cz5chdVsuGhuL



sábado, 26 de novembro de 2016

Morreu ontem Fidel Castro

Estou triste. Apesar do que nos têm dito nas escolas e nos noticiários. Cuba é um exemplo monkey entender de um país desenvolvido.

Culturalmente tem inúmeros artistas, músicos, escritores ...

A nível de saúde é uma referência mundial, mesmo com o embargo dos EUA.

Alguns dados retirados da net:
Cuba cuenta con 481 mil 960 trabajadores de la salud: 6.6 por ciento de la población económicamente activa.
Hay un médico por cada 133 habitantes.

Menos del 0,1 por ciento de la población padece de VIH/Sida.

Hay 22 facultades de medicina que han formado más de 78 mil médicos y han colaborado con 100 países del mundo durante los años de Revolución.

Está na hora de repensar tudo rever modelos. Onde estamos hoje, caminhando e vivendo entretidos com bola, novelas, facebooks, unhas de gel e telemóveis ao sabor das grandes corporações e do dinheiro não me parece a mim o caminho mais certo.

Hasta siempre Comandante!





quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Quantos ricos para fazer um pobre?

Há em Portugal mais de mil novos milionários desde o ano passado, segundo um estudo divulgado pelo banco Credit Suisse. Ao todo existem mais de 50 mil pessoas com um património acima de 1 milhão de dólares.

Engraçado também a notícia que o IMI não vai aumentar para casas geridas por fundos de investimento, ou seja mais uma vez a beneficiar quem mais tem.

Isto tudo enquanto continuamos a discutir a bola e a novela e as unhas de gel.





sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Um RAP que não fala de cus nem de mamas... destes gosto!!

I'm from where they overthrow democratic leaders
nor for the people, but for the Wall Street Journal readers...
(...)
700 children died by the end of this song!

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Ya basta!

Eu também sou Marcos contra a globalização!




O EZLN é um grupo indígena com inspirações Zapatistas com sede em Chiapas, o estado mais pobre do México. Incorpora tecnologias modernas como telefones via satélite e Internet como uma maneira de obter a sustentação local e estrangeira. Consideram-se parte do largo movimento de antiglobalização.

Sua voz mais visível, embora não seu líder, porque é um segundo-comandante — todos os comandantes são índios maias — é o subcomandante Marcos. O comunicado abaixo do subcomandante em 28 de março de 1994 explica o porque de esconder os rostos e porque todos os zapatistas dizem que se chamam "Marcos": "Marcos é gay em São Francisco, negro na África do Sul, asiático na Europa, hispânico em San Isidro, anarquista na Espanha, palestino em Israel, indígena nas ruas de San Cristóbal, roqueiro na cidade universitária, judeu na Alemanha, feminista nos partidos políticos, comunista no pós-guerra fria, pacifista na Bósnia, artista sem galeria e sem portfólio, dona de casa num sábado à tarde, jornalista nas páginas anteriores do jornal, mulher no metropolitano depois das 22h, camponês sem terra, editor marginal, operário sem trabalho, médico sem consultório, escritor sem livros e sem leitores e, sobretudo, zapatista no Sudoeste do México. Enfim, Marcos é um ser humano qualquer neste mundo. Marcos é todas as minorias intoleradas, oprimidas, resistindo, exploradas, dizendo ¡Ya basta! Todas as minorias na hora de falar e maiorias na hora de se calar e aguentar. Todos os intolerados buscando uma palavra, sua palavra. Tudo que incomoda o poder e as boas consciências, este é Marcos.

Fonte: Wikipedia

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Cenas da minha família

Hoje o meu pai disse-me que o que ele faz vê-se mais do que eu faço. Como posso argumentar com alguém que nem uma vez me foi ver dançar?





domingo, 23 de outubro de 2016

As nuvens.

Desde pequeno que ouço a minha mãe dizer que um céu nublado é lindo. Tem formas, tem cores e torna-se muito mais interessante que o monótono azul. 

Graças a isso aprendi a apreciar não só um céu azul como também um cinzento. 


Até as nuvens gostam de se ver ao espelho. 

De onde vem a palavra cereal e cerveja?



Ceres
Ceres, no Museu do Louvre em Paris
Arma(s)Cetro
Irmão(s)Netuno, Plutão, Juno, Jupiter e Vesta
Filho(s)Prosérpina
GregoequivalenteDeméter
FestividadeCerialia

Ceres, na mitologia romana, equivalente à deusa gregaDeméter[1], filha de Saturno e Cibele, amante e irmã de Júpiter, irmã de JunoVestaNetunoPlutão, e mãe de Prosérpina com Júpiter.

Patrona da Sicília, Ceres pediu a Júpiter para que a Sicília fosse colocada nos céus; como resultado, e porque a ilha tem forma triangular, criou a constelação Triangulum, um dos antigos nomes era Sicília.

Ceres era a deusa das plantas que brotam (particularmente dos grãos) e do amor maternal. Diz-se que foi adotada pelos romanos em 496 a.C. durante uma fome devastadora, quando os livros Sibilinos avisaram para que se adotassem a deusa grega Deméter, Prosérpina (Perséfone) e Dionísio.

A deusa era personificada e celebrada por mulheres em rituais secretos no festival de Ambarvália, em Maio. Existia um templo dedicado a Ceres no monte Aventino em Roma. O seu primeiro festival era a Cereália ou "Jogos Ceriais" (Ludi Ceriales), instituídos no século III a.C. e celebrados anualmente de 12 de abril a 19 de abril. A veneração de Ceres ficou associada às classes plebeias, que dominavam o comércio de cereais. Sabe-se muito pouco sobre os rituais de veneração a Ceres; um dos poucos costumes que foram registados era uma prática de apertar ligas nas caudas das raposas e que eram largadas no Circo Máximo.

Ela tinha doze deuses menores que a assistiam, e estavam encarregues de aspectos específicos da lavoura.

Ceres era retratada na arte com um cetro, um cesto de flores e frutos e tinha uma coroa feita de espigas de trigo.

A palavra cereal deriva de Ceres, comemorando a associação da deusa com os grãos comestíveis. O nome Ceres provém de "ker", de raiz Indo-Europeia e que significa "crescer", também é a raiz das palavras "criar" e "incrementar". O asteroide Ceres levou o nome desta deusa, o mesmo aconteceu com o elemento químico Cério.

Ceres também é relacionada à cerveja, que em latim é grafada Cervisiae, batizada pelos romanos em homenagem à deusa.[carece de fontes]Empresta seu nome também à famosa levedura da cerveja cujo nome científico é Saccharomyces cerevisiae.

A deusa era homenageada pela população romana na chamada Cerialia.


Fonte : Wikipedia 



terça-feira, 20 de setembro de 2016

Teoria x + 1, o ice tea

O ice tea. 

Dizem que os defensores do Ice Tea que afinal nao é assim tão mau porque é o que os médicos receitam às crianças quando apresentam sinais de desidratacao e diarreia. 

Agora pergunto eu .... isso quer dizer que diviamos tomar sempre antibióticos? É que os médicos também receitam e aconselham .... ??? 

Fiquei confuso ....

A espécie humana - Afinal somos superiores em quê?

O Homem é uma praga e o planeta está infestado. Estragamos o nosso habitat e exploramos os da nossa própria espécie. Há mais algum animal a fazer isso. Afinal somos superiores em quê? Apenas na arte de estragar em tudo o que tocamos. 

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

A ilusão da realidade

https://youtu.be/2Zw634ZZiek

Este pequeno vídeo mostra um pouco a ilusão que é ser um super estrela. 

A consequência disto é que andamos atrás e tentamos copiar um modelo que nem existe. 

Fama para quê?

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Quanto é que a opinião dos outros contam?

"
- Quanto é que a opinião dos outros contam?

- Quanto é que eles te pagam?
"

Do filme que vi ontem à noite, Lost and Delirious

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Dom Quixote sobre o casamento

Muito interessante ponto de vista sobre o casamento. Por D. QUIXOTE (Capítulo XIX)

"...
— Se casassem todos os que se querem — acudiu D. Quixote — tirava-se aos pais a escolha e a jurisdição de casarem os seus filhos com quem devem e quando querem, e se ficasse à vontade das filhas escolher os maridos, haveria tal que escolheria o criado do pai, e outra o que viu passar na rua, no seu entender bizarro e jeitoso mancebo, ainda que fosse um espadachim valdevinos: que o amor e a afeição facilmente cegam os olhos do entendimento, tão necessários para escolher estado; e no do matrimônio é muito perigoso o erro, e é mister grande tento e particular favor do céu para acertar. Quer uma pessoa empreender uma larga viagem e, se é prudente, antes de se pôr a caminho busca alguma companhia segura e aprazível. Pois por que não fará o mesmo o que há-de caminhar toda a vida até ao paradeiro da morte, quando de mais a mais a pessoa escolhida tem de ser sua companheira de cama e mesa, como acontece à mulher com seu marido? Uma esposa não é mercadoria que, depois de comprada, ainda se pode trocar ou rejeitar; é um acidente inseparável, que dura a vida toda; é um laço que, uma vez atado ao pescoço, se transforma em nó górdio, que, se não for cortado pela garra da morte, não há meio de desatar. Muitas mais coisas poderia dizer neste assunto, se o não estorvara o desejo que tenho de saber se o senhor licenciado tem mais alguma coisa que narrar da história de Basílio."


sábado, 11 de junho de 2016

As pessoas que passam na nossa vida ...


Como professor de Dança muita gente passavas minhas aulas. Algumas alimentam-me, gostam de mim e eu gosto delas e ficam. Outras saem sem aviso. E e levam um pouquinho de mim. 

Siempre he creído que en la vida hay personas que te alimentan, que te quieren y que necesitas de tal manera que cuando los pierdes nadie puede llenar ese vacío.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Crianças a brincar na rua em Havana.

Um saco, vento e alguma imaginação é o suficiente para estas crianças divertirem-se. Alguma semelhança entre Cuba e Portugal é mera coincidência. 

Porquê?

Porque é que as pessoas não saem das nossas cabeças como os números do telefone. Apaga-se e já está!

terça-feira, 29 de março de 2016

para quem gosta de poesia....



Para assinalar o Dia Mundial da Poesia. O Nuno Costa Santos pediu a vários poetas que escolhessem 21 poemas que valesse a pena ler e depois pô-los aqui.

Espero que gostem! Eu adorei :)

terça-feira, 22 de março de 2016

Tu risa

Para não destoar do último poema hoje trago mais um do Neruda.

Tu Risa

Quítame el pan, si quieres,
quítame el aire, pero
no me quites tu risa.

No me quites la rosa,
la lanza que desgranas,
el agua que de pronto
estalla en tu alegría,
la repentina ola
de plata que te nace.

Mi lucha es dura y vuelvo
con los ojos cansados
a veces de haber visto
la tierra que no cambia,
pero al entrar tu risa
sube al cielo buscándome
y abre para mi todas
las puertas de la vida.

Amor mío, en la hora
más oscura desgrana
tu risa, y si de pronto
ves que mi sangre mancha
las piedras de la calle,
ríe, porque tu risa
será para mis manos
como una espada fresca.

Junto al mar en otoño,
tu risa debe alzar
su cascada de espuma,
y en primavera, amor,
quiero tu risa como
la flor que yo esperaba,
la flor azul, la rosa
de mi patria sonora.

Ríete de la noche,
del día, de la luna,
ríete de las calles
torcidas de la isla,
ríete de este torpe
muchacho que te quiere,
pero cuando yo abro
los ojos y los cierro,
cuando mis pasos van,
cuando vuelven mis pasos,
niégame el pan, el aire,
la luz, la primavera,
pero tu risa nunca
porque me moriría.

sexta-feira, 18 de março de 2016

É proibido

É proibido:
chorar sem aprender,
levantar-se sem saber o que fazer,
ter medo das suas lembranças,
sentir-se sozinho.
É proibido:
não sorrir diante dos problemas,
não lutar pelo que você ama,
abandonar tudo por medo,
não fazer dos sonhos realidade.
É proibido:
não demonstrar seu amor,
descontar o mau-humor nos outros,
abandonar os amigos,
não tentar compreendê-los,
buscá-los somente quando precisa deles,
não perceber que somos diferentes.
É proibido:
não ser você mesmo diante dos outros,
fingir que os outros não importam,
esquecer aqueles que o amam.
É proibido:
não fazer as coisas por você mesmo,
não acreditar em Deus e construir seu destino,
ter medo da vida e dos compromissos,
não viver cada dia como se fosse o último.
É proibido:
sentir saudade de alguém sem alegrar-se,
esquecer seus olhos, seu sorriso, seu abraço,
esquecer o passado,
apagá-lo com o presente.
É proibido:
não tentar compreender as pessoas,
pensar que suas vidas valem mais que a sua,
não saber que cada um tem seu caminho,
É proibido:
não criar a sua história,
deixar de agradecer pela vida,
não dedicar tempo a quem precisa de você,
não compreender que o que a vida lhe dá
ela também pode tirar.
É proibido:
não buscar sua felicidade,
não viver sua vida com uma atitude positiva,
não acreditar que podemos ser melhores,
não perceber que, sem você,
este mundo não seria igual.

Pablo Neruda

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Pensamentos sobre o dia dos Namorados

O dia dos Namorados só pode ser um dos piores dias para os namorados.

Não quero culpar esta sociedade consumista, nem o facto de vivermos pela cabeça dos outros, já me cansa e satura a publicidade, os posts do facebook a mostrar aos outros o quanto são (in)felizes (porque se fossem mesmo não necessitava mostar).

É o dia em que fazemos as coisas mais fofinhas e o agradecimento é reduzido, porque tudo se tornou uma obrigação.

Namorados façam a mesma coisa noutro dia qualquer e vão sentir todas as emoções a multiplicar por mil, simplesmente porque não é obrigação.

No entanto, há uma memória que recordo com carinho o meu avô, que todos os dias de São Valentim, oferecia uma flor à minha avó, todos os anos... e quando a saúde ja nao deixava, chorava. E assim foi até o fim da sua vida. Eram outros tempos.

Tudo isto para dizer que no dia dos Namorados recordo o meu avô e no seu exemplo, mas que se fosse hoje, provavelmente aquela flor não teria o mesmo significado porque em todo o lado nos fazem sentir que se não oferecermos nada é porque não gostamos. Já não há romantismo... Obrigado centros comercias, lojas, restaurantes, agências de viagens. Obrigado por terem tornado um dia que podia ser especial num dia pior que os outros.

Namorados, namoradas, enamorados e casados, tirem a vossa foto do jantar romântico e ponham no facebook, se isso vos faz feliz...

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Poema do dia. Todas as cartas de amor são ridículas

Todas as Cartas de Amor são Ridículas

Todas as cartas de amor são 
Ridículas. 
Não seriam cartas de amor se não fossem 
Ridículas. 

Também escrevi em meu tempo cartas de amor, 
Como as outras, 
Ridículas. 

As cartas de amor, se há amor, 
Têm de ser 
Ridículas. 

Mas, afinal, 
Só as criaturas que nunca escreveram 
Cartas de amor 
É que são 
Ridículas. 

Quem me dera no tempo em que escrevia 
Sem dar por isso 
Cartas de amor 
Ridículas. 

A verdade é que hoje 
As minhas memórias 
Dessas cartas de amor 
É que são 
Ridículas. 

(Todas as palavras esdrúxulas, 
Como os sentimentos esdrúxulos, 
São naturalmente 
Ridículas.) 

Álvaro de Campos, in "Poemas" 
Heterónimo de Fernando Pessoa 

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Oração para casados.

Retirado do site aleteia.com, esta oração parece-me a mim bastante poderosa. Há que ter fé!


Se alguém lhe dissesse que existe algo que você pode fazer e que é capaz de garantir que seu casamento durará a vida toda, e que isso só exige 5 minutos do seu dia, você não faria?
 
Que tal experimentar? A oração que apresentaremos a seguir pode ser rezada diariamente pelo casal, com muita sinceridade de coração.
 
Como rezá-la?
 
Façam esta oração lentamente, abraçados ou de mãos dadas, olhando nos olhos um do outro com frequência ao longo da oração, nas pausas entre uma frase e outra.
 
Não tenham medo de conversar sobre o que oram, especialmente logo após a oração.
 
Durante a oração, vale a pena recordar o momento em que se conheceram ou o dia do seu casamento.
 
A vida certamente lhes apresentou muitos desafios ao longo do tempo; talvez não esperassem por isso no dia em que se conheceram, mas vocês atravessaram muitas coisas juntos até hoje, e o fogo providencial das suas provações e do seu amor os uniu mais do que nunca.
 
A oração que transforma os casais
 
Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo,
obrigado pelo profundo dom do sacramento do matrimônio.
Obrigado pelo magnífico presente que é o meu esposo(a),
a quem Tu, perfeita providência,
escolheste para mim desde toda a eternidade.
Permite que eu sempre o(a) trate como realeza,
com toda a honra, respeito e dignidade que merece.
 
Ajuda-me, meu Deus,
a ser desprendido(a) no meu casamento,
para dar tudo pelo meu esposo(a),
sem reservar nada para mim,
sem esperar nada em troca,
reconhecendo e agradecendo
tudo o que ele(a) faz por mim
e pela nossa família todos os dias.
 
Senhor, fortalece e protege nosso casamento.
Ajuda-nos a orar juntos todos os dias.
Permite-nos confiar em Ti do jeito que Tu mereces.
Que nosso casamento seja frutífero
e aberto à tua vontade
no privilégio da procriação e cuidado da vida.
Ajuda-nos a construir uma família forte,
segura, amorosa, cheia de fé,
uma Igreja doméstica.
 
Santíssima Virgem Maria,
colocamos nosso casamento em tuas mãos.
Protege nossa família sob o teu manto.
 
Senhor Jesus, confiamos em Ti,
porque sempre estás conosco
e queres o melhor para nós,
dando-nos sempre o que é bom,
inclusive as cruzes que permites em nossas vidas.
 


(E terminem dizendo um ao outro:)


 
Querido(a) ….. (nome do cônjuge):
você e eu somos um.
Eu te prometo que sempre te amarei
e serei fiel a ti,
nunca te abandonarei
e daria minha vida por ti.
Com Deus e contigo na minha vida
eu tenho tudo.
 
Obrigado(a), Jesus.
Nós te amamos.
Amém.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Poesia de Eduardo Galeano

Foto: Lino Nunes


Los Nadies

Sueñan las pulgas con comprarse un perro y sueñan los nadies con salir de pobres, que algún mágico día llueva de pronto la buena suerte, que llueva a cántaros la buena suerte; pero la buena suerte no llueve ayer, ni hoy, ni mañana, ni nunca, ni en lloviznita cae del cielo la buena suerte, por mucho que los nadies la llamen y aunque les pique la mano izquierda, o se levanten con el pie derecho, o empiecen el año cambiando de escoba.
Los nadies: los hijos de nadie, los dueños de nada.
Los nadies: los ningunos, los ninguneados, corriendo la liebre, muriendo la vida, jodidos, rejodidos:
Que no son, aunque sean.
Que no hablan idiomas, sino dialectos.
Que no profesan religiones, sino supersticiones.
Que no hacen arte, sino artesanía.
Que no practican cultura, sino folklore.
Que no son seres humanos, sino recursos humanos.
Que no tienen cara, sino brazos.
Que no tienen nombre, sino número.
Que no figuran en la historia universal, sino en la crónica roja de la prensa local.
Los nadies, que cuestan menos que la bala que los mata.

- El libro de los abrazos. Eduardo Galeano (1940).

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Frases bonitas.

Dizia Maria a Nicolau Rostov:

"Não me retire a sua boa amizade de outrora. ser-me-ia tão penoso!"

Já ninguém fala assim.