sexta-feira, 28 de março de 2014

Das minhas viagens - Mercado em Marrocos.

A caminho de Marrakech, deparamo-nos com uma pequena aldeia com um mercado e a nossa curiosidade foi tanta que decidimos entrar.
Nem queriamos acreditar no que estávamos a ver. Parecia que estávamos noutra época. Os cheiros dos animais, das galinhas fervidas, dos burros, misturado com aquelas cores e pessoas fizeram com que tivéssemos que voltar para trás para filmar um pouquinho daquilo.
No entanto tinha que ser tudo filmado com a máxima descrição dado o ambiente e as pessoas poderem ficar ofendidas.
Dá para reparar nas galinhas mortas e depenadas no momento!
Este foi o resultado dessa filmagem feita pelo meu amigo e companheiro de viagem Moulay Raoul! :)




domingo, 23 de março de 2014

O Apego como consequência do desejo

Quando se deseja cria-se apego; os quatro tipos de apego

Aqui, apego, ou apropriação, é uma forma de amarra.O desejo, condicionado pela sensação, surgem sob a forma de querermos sensações agradáveis e separação em relação sensações desagradáveis. E em nome destas sensações que desenvolvemos apego aos objetos sensoriais, às nossas opiniões ou a uma falsa moralidade baseada na ignorância. É assim que desenvolvemos as quatro formas de apego: apego a objetos sensoriais, apego falsas pontos de vista, apego e regras e rituais e apego a ilusão da existência de um "eu". 

Dalai Lam em "O caminho do meio" 

terça-feira, 18 de março de 2014

Encontrei O Pomar Das Laranjeiras de MadreDeus

Gostei e partilho. Música portuguesa de qualidade. 

O Pomar Das Laranjeiras
MadreDeus




Cenas grátis. Livros de Arte!

O Metropolitan Museum of Art, de Nova York disponibilizou 375 livros sobre arte, incluindo estudos críticos e grandes bibliografias, para download gratuito. As obras foram publicadas entre 1964 e 2012 e cobrem todo o período da história da arte. Para facilitar, o MET consegue categorizar a sua busca por título, autor, palavra-chave, tipo de publicação, tema e até formato. 


Aproveitem e façam o download do seu artista favorito enquanto dá tempo: http://dsafie.se/dbd

A canção que nos vai representar ao Festival da Canção

Há aí um grande alvoroço porque a Suzy com a sua canção "Eu quero ser tua" vai representar-nos ao festival da canção.
O pessoal está indignado. Dizem que é mau demais para ser verdade.
Povo, qual é a admiração? Eu não vi, mas consta que foi a que mais votos recebeu.
É pimba? É sim senhor, e por isso é a canção que melhor nos representa. Um país onde o Correio da Manhã é líder de tiragens, e onde os estádios estão cheios e os teatros vazios! O país das manhãs da Lúcia,  ou sei lá o nome, da Casa dos Segredos, e de outros programas deprimentes...
O país onde as pessoas preferem os shoppings ao passeio na natureza, os país onde há demasiadas playstations e leitura a menos...

Por isso digo, parabéns Suzy! Boa sorte! Nós merecemos-te!






quinta-feira, 13 de março de 2014

Objectivo de vida

Tenho um objectivo na vida. Em vez da mansão em frente ao mar ou de uma empresa super lucrativa quero ser uma fonte de inspiração para um grande número de pessoas enriquecendo a vida delas. 

O caminho parece-me bom. Mas pergunto-me, até que ponto poderei concretizar e sentir-me realizado, quanto é que devo arriscar? 

Só o tempo poderá dizer, mas creio que serei feliz quando deixar de fazer estas perguntas.

 

quarta-feira, 12 de março de 2014

Principais frases do Papa Francisco no seu primeiro ano de Pontificado, que teve início a 13 de março de 2013

Principais frases do Papa Francisco no seu primeiro ano de Pontificado, que teve início a 13 de março de 2013.

 


"Se não nos reconhecermos em Cristo, o que seremos? Acabaremos como uma organização não-governamental patética." 14-03-2013


"Não cedamos ao pessimismo, àquela amargura que o diabo nos oferece diariamente." 15-03-2013


"Como eu gostaria de uma Igreja pobre, para os pobres." 16-03-2013


"A mensagem de Jesus é a misericórdia." 17-03-2013


"Não permitam que os sinais de destruição e morte acompanhem o curso do mundo." 19-03-2013


"É importante intensificar o diálogo entre as várias religiões e estou a pensar em particular no diálogo com o Islão." 22-03-2013


"O padre que não sai de si mesmo, em vez de ser um mediador, transforma-se, pouco a pouco, num intermediário, em gerente." 28-03-2013


"A Igreja não pode ser uma 'baby-sitter' para os cristãos, deve ser uma mãe e é por esta razão que os laicos devem assumir as suas responsabilidades de batizados." 17-04-2013


"[A crise financeira mundial tem origem] numa profunda crise antropológica com a criação de ídolos novos, o culto do dinheiro e a ditadura de uma economia sem rosto, nem objetivo verdadeiramente humano." 16-05-2013


"Aquilo que domina são as dinâmicas de uma economia e de finanças carentes de ética: assim, homens e mulheres são sacrificados aos ídolos do lucro e do consumo, é a cultura do descartável." 05-06-2013


"O [sem-abrigo] que morre não é notícia, mas se as bolsas caem 10 pontos é uma tragédia. Assim, as pessoas são descartadas. Nós, as pessoas, somos descartadas, como se fôssemos desperdício." 05-06-2013 "A cultura do descartável tornou-nos insensíveis ao lixo e ao desperdício alimentar, que são ainda mais lamentáveis quando em todas as partes do mundo, infelizmente, muitas pessoas e famílias sofrem de fome e subnutrição." 05-06-2013 "Deus não teria abençoado alguém que quisesse, que tivesse vontade de ser papa. Eu não queria ser papa." 07-06-2013


"A crise que estamos a viver é a crise da pessoa, que já não conta, só o dinheiro conta." 07-06-2013


"Há milhões de menores, na maioria meninas, que são vítimas desta forma escondida de exploração, que muitas vezes inclui abuso sexual, maus-tratos e discriminações." 12-06-2013


"Os padres e as freiras têm de ser coerentes com a pobreza. Quando vemos que o primeiro interesse de uma instituição paroquial ou educativa é o dinheiro, isto é uma grande incoerência." 06-07-2013


"A crise mundial nada fez pelos jovens. Corremos o risco de ter uma geração sem trabalho, e do trabalho provém a dignidade da pessoa." 22-07-2013


"Não deixemos entrar no nosso coração a cultura do descartável, porque nós somos irmãos, ninguém é descartável." 25-07-2013


"Se uma pessoa é homossexual e procura Deus, quem sou eu para julgá-la?" 29-07-2013


"A fé não serve para decorar a vida como se fosse um bolo com nata." 18-08-2013


"A guerra foi sempre um defeito da humanidade." 07-09-2013 [A Igreja] não pode insistir apenas sobre as questões relacionadas com o aborto, o casamento homossexual e o uso de métodos contracetivo." 19-09-2013 "A Cúria tem um defeito: está centrada no Vaticano. Vê e ocupa-se dos interesses do Vaticano e esquece o mundo que o rodeia. Não partilho desta visão e farei tudo para a mudar." 01-10-2013


"Quando veio até mim uma mãe que me disse "tenho um filho de 30 anos, mas não se casa, não se decide, tem uma noiva bonita, mas não se casam", eu respondo: 'Senhora, deixe de passar-lhe as camisas"." 04-10-2013


"Um povo que não escuta os seus avós é um povo morto." 27-10-2013


"Não se deve esperar que a Igreja Católica mude a sua posição [sobre o aborto]." 26-11-2013


"Estamos perante um escândalo mundial que afeta quase mil milhões. Mil milhões de pessoas que ainda hoje passam fome: não podemos virar a cara para o lado e fingir que esta realidade não existe." 09-12-2013


"A ideologia marxista está equivocada, mas na minha vida conheci muitos marxistas boas pessoas, por isso não me sinto ofendido [quando me apelidam de marxista]." 15-12-2013


"Eu vejo lá em baixo, escrito em grande [numa faixa na Praça de São Pedro] 'Os pobres não podem esperar'. É lindo isso!" 22-12-20132


"Mas tivemos vergonha? Tantos escândalos [na Igreja] que não quero mencionar individualmente, mas que todos sabemos quais são... Escândalos que alguns tiveram de pagar caro. E isso está bem! Deve ser assim... a vergonha da Igreja." 16-01-2014


"Rogo a todos para que garantam que a humanidade seja servida pela riqueza e não regida por ela." 21-01-2014


"Rezo ao senhor para que toque o coração [dos líderes] para que, buscando unicamente o maior bem do povo sírio, não se poupem a esforços para alcançar com urgência o fim da violência e do conflito, que causou demasiado sofrimento." 22-01-2014


"Quando uma família não tem dinheiro para comer porque tem que pagar o empréstimo a usurários, isto não é cristão, é desumano." 29-01-2014


"Quando o poder, o luxo e o dinheiro se convertem em ídolos, antepõem-se à exigência de uma distribuição justa das riquezas. Portanto, é necessário que as consciências se convertam à justiça, à igualdade, à simplicidade e a compartilhar." 04-02-2014


"A dignidade da pessoa nunca se reduz às suas faculdades ou capacidades, e não diminui quando a pessoa é fraca, inválida e está a precisar de ajuda." 09-02-2014


"Não existe o marido perfeito, a mulher perfeita... não falemos da sogra perfeita." 14-02-2014


"Jesus não veio ensinar uma filosofia, uma ideologia, mas um caminho, um caminho a percorrer com ele. E a estrada aprende-se a caminhar. Sim, queridos irmãos, eis a nossa alegria: andar com Jesus. Não é fácil, não é confortável, porque a estrada que Jesus escolheu é a da cruz." 22-02-2014


"Amemos os que nos são hostis, abençoemos os que dizem mal de nós, saudemos com um sorriso os que provavelmente não o merecem, não aspiremos a fazer-nos valer, mas oponhamos a doçura à tirania, esqueçamos as humilhações sofridas." 23-02-2014

A Praceta - Março 2014


Comportamentos que as pessoas adoptam inconscientemente

Comportamentos que as pessoas adoptam inconscientemente para fortalecer sua identidade com a forma. Se você estiver alerta o bastante, será capaz de detectar alguns deles.

1. exigir reconhecimento por alguma coisa que fez e indignar-se ou aborrecer-se quando não o consegue; 

2. tentar obter atenção falando sobre problemas pessoais, contando a história da própria doença ou fazendo uma cena; 

3. dar uma opinião quando ninguém a pede e ela não faz diferença para a situação; 

4. ser mais preocupado com o modo como é visto pelas pessoas do que com elas, isto é, usá-las como um reflexo do ego ou como um instrumento para realçar o ego; 

5. tentar causar impressão nos outros por meio de bens, conhecimentos, boa aparência, posição social, força física, etc; 

5. inflar temporariamente o ego adoptando uma reação irada contra alguma coisa ou alguém; 

6. levar tudo para o lado pessoal e sentir-se ofendido; 

7. considerar-se certo e os outros errados por meio de queixas fúteis, mentais ou verbais; 

8. querer ser visto ou parecer importante.

Caso você detecte um desses padrões em si mesmo, sugiro que faça uma experiência. Descubra como se sente e o que ocorre se o abandonar. Simplesmente descarte-o e veja o que acontece. 

domingo, 9 de março de 2014

Das minhas leituras


Costumo dizer que avaliamos as acções dos outros pelas nossas atitudes, mas Eckhart Tolle explica assim. Tenho um amigo que necessita ler isto...

As pessoas muito inconscientes sentem o próprio ego por meio do seu reflexo nos outros. Quando compreendemos que aquilo a que reagimos nos outros também está em nós (e algumas vezes apenas em nós), começamos a nos tornar conscientes do nosso próprio ego. Nesse estágio, podemos também compreender que estamos fazendo às pessoas o que pensávamos que elas estavam fazendo a nós. Paramos de nos ver como uma vítima.





quarta-feira, 5 de março de 2014

Das minhas leituras - o Ego e a vergonha.

Uma pessoa tímida que tem medo da atenção dos outros não está livre do ego - nesse caso, o ego é ambivalente, pois tanto quer quanto teme a atenção externa. O temor é de que a atenção possa tomar a forma de desaprovação ou crítica, isto é, algo que diminua a percepção do eu em vez de aumentá-la. Portanto, o medo que a pessoa tímida tem da atenção é maior do que a necessidade que tem dela. A timidez costuma ser acompanhada de uma auto-imagem predominantemente negativa, a crença de ser inadequado.


Eckhart Tolle 

A maior doença dos nossos dias....

A busca descontrolada por mais, pelo crescimento infinito, é um distúrbio e uma doença. É a mesma disfunção apresentada pela célula cancerosa, cuja única meta é se multiplicar, inconsciente de que está provocando seu próprio fim ao destruir o organismo de que faz parte. Alguns economistas são tão atraídos pelo conceito de crescimento que não conseguem se desligar dessa palavra, assim eles se referem à recessão como um período de "crescimento negativo".

Eckart Tolle